Campanha “Taxar o Sol Não”, foi unanimidade entre os deputados da direita, esquerda e centro!

Hewerton Martins, Presidente da Associação Movimento Solar Livre foi o entrevistado da Rádio Hora e falou sobre a pauta mais importante do momento para energia solar, a TAXAÇÃO DA ENERGIA SOLAR.

Em 2019, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) apresentou em consulta pública proposta para taxação de quem produz sua própria energia elétrica, naquele momento a produção da energia solar nos telhados era apenas 0,26% da quantidade total de energia produzida no país.
Hewerton Martins lidera uma campanha contra essa taxação da Aneel, e trabalha para conquistar juntamente com milhares de consumidores e pequenos e médios empresários do setor a liberdade e direito do cidadão gerar sua própria energia limpa.

De acordo com Hewerton, o MSL foi desenvolvido a partir de empresários do setor solar após proposta da ANEEL sobre a taxação da mesma. A ideia do movimento é atuar a favor dos cidadãos e empresas que acreditam na energia limpa como vetor de desenvolvimento social e econômico. O empresário afirma que o grande desafio da energia, é a comunicação. “A grande diferença da energia solar, é que o dinheiro não vai para fora do nosso país, ele fica no município”. 

O engajamento foi reconhecido pelo Presidente da República em postagem em seu Facebook no dia 07-01-2020.

print do Facebook do nosso Presidente Jair Bolsonaro – link de acesso a esta publicação : https://fb.watch/2D1YjxuCdq/

Após decisão da ANEEL em taxar a energia solar, foi lançado a campanha #taxarosolnão, que teve reconhecimento nacional, chamando a atenção inclusive do presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), que publicou em seu perfil nas redes sociais, demonstrando apoio a causa. Martins afirma que com o reconhecimento do chefe de estado, o movimento alavancou. “Tivemos apoio de deputados de partidos de esquerda, direita e centro, todos defendendo a mesma bancada. Eu nunca tinha visto isso na minha vida.

Acesse a entrevista na integra e sintonize em pró a não taxação : https://bit.ly/3mLHl9F

Compartilhe!