Startup construirá mais de 15 usinas de energia solar em Minas Gerais

A startup afirma que a maioria dos projetos de usinas de energia solar sairão do papel ainda este ano, sendo a maioria deles em Minas gerais

Startup capixaba CleanClic, plataforma de compensação de energia renovável, integrou um projeto de R$ 110 milhões para a construção de 15 usinas de energia solar compartilhadas e uma central hidrelétrica em Minas Gerais.

Nos últimos anos Minas gerais tem recebido grande parte os investimentos em energia solar, e dessa vez a startup CleanClic decidiu colocar em pauta um projeto que contemplará cerca de 15 usinas de energia solar e mais uma central hidrelétrica para o norte do estado.

stão facilitada ao acesso de energia renovável em Minas Gerais com a Startup CleanClic

Os novos empreendimentos de energia renovável da empresa podem ser encontrados nas seguintes regiões: Porteirinha, Itaobim, Muzambinho, Montes Claros, Carmo do Paranaíba e Prudente de Morais e contam com investimentos do Sicoob Espírito Santo, da mineira Detronic (especializada em terraplenagem, demolição e desmontes) e da Fortlev Solar (braço da gigante Fortlev voltado para o setor de energia solar).

O CEO da startup afirma que isso só é possível graças a sua plataforma que é capaz de realizar a integração e conectar pessoas a usinas de energia solar desse modo realizar o que ele chama de democratização a energia renovável, uma energia barata, limpa e sem que haja nenhuma necessidade de gastos com insumos para obras.

Minas Gerais quer maior destaque em geração solar centralizada

As políticas públicas de fomento à energia solar adotadas pelo Governo de Minas Gerais ganham destaque no Brasil. O estado ocupa o primeiro lugar no ranking de energia solar fotovoltaica na geração distribuída, realizado pela Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica (ABSOLAR), somando potência instalada de 562,5 MW.

Uma das ações de Minas para avançar com a energia solar como um todo é a desburocratização no processo de licenciamento ambiental e aprovação dos empreendimentos. A ideia é que o Estado também se destaque na geração centralizada de energia fotovoltaica, operada por usinas de grande porte.

Atualmente, Minas Gerais é o quarto maior gerador centralizado do País, atrás do Piauí, Ceará e Bahia, com potência de 755 MW instalados e em construção, conforme a ABSOLAR.

Recentemente, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) licenciou em tempo recorde o maior projeto de usina solar do Brasil e que será montado em Jaíba, no Norte de Minas, pela empresa Aurora Energia. O investimento é de R$ 6 bilhões e o projeto começa a ser construído no segundo semestre de 2020 e terá capacidade total instalada de cerca de 1.357 megawatts. 

Fonte: Clic Petróleo &Gas https://clickpetroleoegas.com.br/startup-construira-mais-de-15-usinas-de-energia-solar-em-minas-gerais/


Compartilhe!