ENERGIA SOLAR: OPORTUNIDADE DE AMPLIAR A SUSTENTABILIDADE NOS PEQUENOS NEGÓCIOS

O alto custo sócio ambiental e econômico da transmissão e do desperdício de energia e a predominância dos combustíveis fósseis na matriz energética causa sérios danos ao meio ambiente.  A Energia solar e a  sustentabilidade está intrinsecamente relacionada com o aumento da inserção de fontes renováveis na matriz energética nacional. Podemos fazer à aplicação de modelo cuja finalidade é dar suporte ao planejamento e à tomada de decisão para a sustentabilidade energética, o alcance da sustentabilidade poderia gerar redução de impactos ambientais do setor elétrico, maior eficiência energética, aumento da oferta de energia de forma descentralizada, entre outros. Os resultados demonstram que a sustentabilidade do setor elétrico pode resultar em benefícios à sociedade como também ao setor produtivo nacional, maior consumidor de energia elétrica do país. Os pequenos negócios poderão acessar esse tipo de energia a um custo competitivo em breve. Segundo o Secretário Nacional de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas Energia,  afirmou no ano passado, que esta tecnologia será cada vez mais barata, com redução em torno de 15% a 20% ao ano.  A energia solar pode proporcionar segurança energética com baixo impacto ambiental. É uma energia limpa que pode diminuir o impacto ambiental da produção da empresa. Fontes energéticas à base de combustíveis, por exemplo, geram poluição em todo o processo, desde a extração até a utilização. A energia do sol está disponível de forma cíclica e perene, evitando a extração contínua de recursos naturais a exemplo de outras fontes não renováveis. Apesar da pouca utilização, se espera que nos próximos 10 ou 20 anos haja um aumento significativo na aplicação da energia solar, a despeito do uso atual em comunidades isoladas e estruturas de pequeno porte.

A maior vantagem de todas.

    A maior vantagem é gerada na economia do Brasil, e em cada estado, cidade, no país, ou seja, tendo mais projetos para ser executados antes dimensionados, teremos mais empregos, então podemos concluir que, vamos fazer parte de girar a roda da economia do Brasil, pois as distribuidoras ganham, nós e nossos empregados ou parceiros ganharemos, isso é diretamente injetado na economia de todo um estado, cidade, no país. Então todos ganham e com isso a nossa Energia Solar Fotovoltaica vai crescer cada vez mais e todos os nossos governantes (prefeitos, governadores, governo federal, etc..) e apoiaram esse Setor que esta em crescimento e que temos uma projeção, ou seja um cenário que ate 2035 a Energia Solar Fotovoltaica será uma das principais. Então devemos pensar na sustentabilidade e agir de forma Ecologicamente corretos, pois o planeta é nosso e devemos deixar ele melhor para o futuro.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

 A energia solar é vantajosa a longo prazo. Produz benefícios ambientais, sociais e econômicos em comparação com o uso dos combustíveis fósseis. O alto custo inicial do equipamento é ainda um impedimento para sua expansão no Brasil. Sua utilização ainda é incipiente e pouco se conhece sobre sua utilização no pequeno negócio. Por outro lado, é uma  aplicação mercado que está crescendo, diversificando as tecnologias e barateando os custos de implantação. Os pequenos negócios que buscam direcionamentos ao desenvolvimento sustentável poderão se apropriar do uso da energia solar como uma estratégia de sustentabilidade. Um estudo detalhado da aplicação destas tecnologias na empresa é indicado, visto que existem diversos fatores de influenciam como, por exemplo, a localização geográfica, qualidade dos equipamentos e do sistema, custo inicial e tempo de retorno e a relação demanda versus eficiência energética. Precisamos pensar no futuro do Brasil, e pensar como verdadeiros seres humanos que somos, pensar grande e ter a base da ECOLOGIA em tudo que fazemos daqui pra frente, para deixarmos para nossos filhos, netos, a pessoas de um modo geral um Brasil e um mundo mais limpo, consciente de seus deveres como cidadãos que somos e viver em paz. Por isso temos que estar junto ao Movimento Solar Livre nessa busca da não taxação do sol.




Marcus Vinícius Mello dos Santos- Engenheiro-
 Especialista em Segurança do Trabalho

Compartilhe!